Cibersegurança

Cibersegurança

Centro Nacional de Cibersegurança

Nos termos do Decreto Lei nº 69/2014, de 9 de maio, o Centro Nacional de Cibersegurança funciona no âmbito do Gabinete Nacional de Segurança (GNS) que é dirigido por um diretor-geral, coadjuvado por dois subdiretores-gerais. A um dos subdiretores-gerais cabe a coordenação do CNCS. 

Missão e Competências

“Contribuir para que Portugal use o ciberespaço de uma forma livre, confiável e segura, através da melhoria contínua da cibersegurança nacional e da cooperação internacional."

O Centro Nacional de Cibersegurança (CNCS) tem por missão contribuir para que o país use o ciberespaço de uma forma livre, confiável e segura, através da promoção da melhoria contínua da cibersegurança nacional e da cooperação internacional, em articulação com todas as autoridades competentes, bem como da implementação das medidas e instrumentos necessários à antecipação, à deteção, reação e recuperação de situações que, face à iminência ou ocorrência de incidentes ou ciberataques, ponham em causa o funcionamento das infraestruturas críticas e os interesses nacionais.

Neste sentido, o CNCS atua junto dos operadores de serviços essenciais, dos prestadores de serviços digitais e das entidades do Estado na medida em que estes são cruciais para o bom funcionamento da sociedade portuguesa.

Na prossecução da sua missão, o CNCS possui as seguintes competências, a desempenhar no quadro da Estratégia de Segurança Nacional de Segurança do Ciberespaço, aprovada pela Resolução de Conselho de Ministros n.º 36/2015, de 12 de junho:

  • Exercer os poderes de autoridade nacional competente em matéria de cibersegurança, relativamente ao Estado e aos operadores de infraestruturas críticas nacionais.
  • Assegurar a produção de referenciais normativos em matéria de cibersegurança.
  • Desenvolver as capacidades nacionais de prevenção, monitorização, deteção, reação, análise e correção destinadas a fazer face a incidentes de cibersegurança e ciberataques.
  • Contribuir para assegurar a segurança dos sistemas de informação e comunicação do Estado e dos Operadores de serviços essenciais e Prestadores de serviços digitais.
  • Promover a formação e a qualificação de recursos humanos na área da cibersegurança, com vista à formação de uma comunidade de conhecimento e de uma cultura nacional de cibersegurança.
  • Promover e assegurar a articulação e a cooperação entre os vários intervenientes e responsáveis nacionais na área da cibersegurança.
  • Apoiar o desenvolvimento das capacidades técnicas, científicas e industriais, promovendo projetos de inovação e desenvolvimento na área da cibersegurança.
  • Coordenar a cooperação internacional em matérias da cibersegurança, em articulação com o Ministério dos Negócios Estrangeiros;
  • Coordenar a transposição da diretiva Diretiva (UE) n.º 2016/1148 do Parlamento Europeu e do Conselho, de 6 de julho de 2016 relativa a medidas destinadas a garantir um elevado nível comum de segurança das redes e da informação em toda a União, para o ordenamento jurídico interno;
  • Assegurar o planeamento da utilização do ciberespaço em situação de crise ou de conflito aramdo, no âmbito do planeamento civil de emergência.


O CNCS atua também em articulação e estreita cooperação com as estruturas nacionais responsáveis pela ciberespionagem, ciberdefesa e cibercrime e ciberterrorismo, devendo comunicar à Polícia Judiciária, os factos de que tenha conhecimento relativos à preparação e execução de crimes.
 

 Comunicados de imprensa 

Pode consultá-los aqui.

Ñewsleters - pode consultá-las aqui

CERT.PT

O CERT.PT é um serviço integrante do CNCS que coordena a resposta a incidentes envolvendo entidades do Estado, operadores de serviços essenciais e prestadores de serviços digitais e, de uma forma geral, o ciberespaço nacional, incluindo qualquer dispositivo pertencente a uma rede ou bloco de endereçamento atribuído a um operador de comunicações eletrónicas, instituição, pessoa coletiva ou singular com sede em território Português, ou que esteja fisicamente localizado em território Português.

Documentação relevante sobre Cibersegurança

Agrega material bibliográfico, permitindo a acessibilidade a conteúdos sobre Cibersegurança, agilizando o intercâmbio e a difusão de informação nacional e internacional concernente.

 

Documentação específica para CERT e CSIRT

Compila documentação específica para Equipas de Resposta Informática de Emergência e/ou Equipas de Resposta a Incidentes de Segurança Informática, nomeadamente no tratamento e coordenação da resposta a incidentes, na produção de alertas e recomendações de segurança, na partilha de boas práticas e na promoção de uma cultura de segurança no ciberespaço.

 

Formação disponível para o ano de 2015

 

 

 

Curso Geral de Segurança da Informação Classificada (CGSIC) é destinado a quadros superiores e quadros técnicos da administração pública, das Forças Armadas, das Forças Segurança e de organismos privados.

Curso de Sistema Eletrónico de Informação (CSEIF) é destinado quadros das Forças Armadas, Forças de Segurança e da Administração Pública, no desempenho de funções em Órgãos de Segurança, onde se encontrem instalados terminais com SEIF.

 Saiba mais

 Certificado

 

 



Certificado "Boas Práticas
em Acessibilidade Web 2015"