CRESO

CREDENCIAÇÃO DE SEGURANÇA ONLINE (CRESO)

EM QUE CONSISTE A MUDANÇA?

A implementação do CRESO concretiza-se, designadamente, através do seguinte:

  • Desmaterialização do preenchimento e submissão dos formulários, através de plataforma online;
  • Desmaterialização do processo de credenciação de segurança, abrangendo todas as entidades envolvidas no processo, de forma progressiva, e culminando com a desmaterialização das certidões finais.
  • Autenticação e assinatura digital do utilizador através do Cartão do Cidadão ou da Chave Móvel Digital.
  • Pré-preenchimento dos formulários com informação já conhecida da Administração Pública (AP).
    • Quando um requerente se registar no CRESO com o seu Cartão de Cidadão, com a Chave Móvel Digital, ou com o SCAP, o sistema irá proceder à sua autenticação, obtendo os dados que constam nas bases de dados de outros organismos da AP, nomeadamente o nome, NIF, naturalidade, filiação, etc. usando a Plataforma de interoperabilidade da Administração Pública (iAP), preenchendo automaticamente os respetivos campos da Ficha Individual (na observância do princípio “Only Once”).
    • Após submissão dos formulários, os dados podem ser acedidos pelo requerente para consulta ou serem utilizados em pré-preenchimento de novos formulários, por exemplo, para solicitar nova credenciação.
  • Plataforma de pagamentos da Administração Pública (PPAP). Possibilidade de realização de pagamentos através da PPAP, através da geração de referências Multibanco, ou por transferência bancária;
  • Notificações dos requerentes por via eletrónica; O requerente ou o órgão de segurança da sua organização vai ser informado por SMS e/ou por e-mail do estado do seu pedido, bem como da decisão da ANS de concessão (ou recusa) do pedido de credenciação;
  • Conformidade com o Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD), garantindo plenamente os direitos dos titulares dos dados pessoais, e deixando de haver lugar à classificação de segurança desses dados, na generalidade dos casos.
  • Disponibilização do Livro Amarelo Eletrónico. O requerente poderá submeter online reclamações, elogios e sugestões relativos ao serviço prestado pelo CRESO. Disponível em https://www.livroamarelo.gov.pt/home.

COMO SOLICITAR UM PEDIDO DE CREDENCIAÇÃO DE SEGURANÇA

Pedido de Pessoa Singular Dependente. Se for uma pessoa que possua um vínculo profissional a uma entidade que disponha de um Sub-Registo ou de um posto de controlo e que tenha necessidade, por razões profissionais, de obter uma credenciação de segurança, deve:

  1. Contactar o seu Sub-Registo, ou o seu posto de controlo, para que possa receber instruções detalhadas do processo que deve encetar com vista à obtenção da credenciação de segurança.
  2. Obtenha aqui o seu Guião

Pedido de Pessoa Singular Independente. Se for uma pessoa que exerce atividade independente e que tenha necessidade, por razões profissionais, de obter uma credenciação de segurança, deve:

  1. Efetuar o pedido de adesão inicial no CRESO de modo a obter as credenciais de acesso à plataforma.
  2. Obtenha aqui o seu Guião
  1. Efetuar o seu registo no CRESO usando o Cartão de Cidadão ou a Chave Móvel Digital
  2. Efetuar o preenchimento da Ficha Individual
  3. Efetuar o preenchimento do Pedido de Credenciação
  4. Submeter o Pedido de Credenciação
  5. Efetuar o pagamento do serviço através de referência Multibanco ou de transferência bancária.

Pedido de Pessoa Coletiva (Empresa). Se for uma empresa (pessoa coletiva) que necessite, para o exercício da atividade empresarial, de obter credenciação de segurança, deve:

  1. Efetuar, através do seu encarregado de segurança, o pré-registo no CRESO de modo a obter as credenciais de acesso à plataforma;
  2. Efetuar, através do seu Encarregado de Segurança, o registo no CRESO, usando o Cartão de Cidadão ou a Chave Móvel Digital;
  3. Efetuar o preenchimento da sua Ficha Individual;
  4. Efetuar o preenchimento do Pedido de Credenciação inserido pelo seu Encarregado de Segurança;
  5. O seu Encarregado de Segurança submete o Pedido de Credenciação:
  6. O seu Encarregado de Segurança efetua o pagamento do serviço através de referência Multibanco ou de transferência bancária.

 CRESO - Aceda aqui

Formação disponível para o ano de 2015

 

 

 

Curso Geral de Segurança da Informação Classificada (CGSIC) é destinado a quadros superiores e quadros técnicos da administração pública, das Forças Armadas, das Forças Segurança e de organismos privados.

Curso de Sistema Eletrónico de Informação (CSEIF) é destinado quadros das Forças Armadas, Forças de Segurança e da Administração Pública, no desempenho de funções em Órgãos de Segurança, onde se encontrem instalados terminais com SEIF.

 Saiba mais

 Certificado

 

 



Certificado "Boas Práticas
em Acessibilidade Web 2015"